quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Imaginação posta em prática, quer dizer, em dobras.


Esse kusudama é fruto de minha imaginação, não sei de sua existência, nunca o vi, nem ao menos seu diagrama. Estava dobrando uma tartaruga (exatamente esta que está com o link) e descobri a possibilidade de fazer módulos que se encaixavam, não necessitando de cola, como manda o origami tradicional. A partir da base "bomba d'água" (veja o link) foi construída a peça, que no total são 30 e fica um resultado ótimo no final. Essa foi a primeira e única peça que dobrei e já faz muito tempo, não a tenho mais, mas lembro muito bem como fazê-la.
Faaloww!

4 comentários:

Lúcia da Costa disse...

OI!
O Kusudama parece o Arabesque, mas essa estrela no centro é um arranjo original.
Gosto muito de Kusudamas e qualquer variação original na estética é considerado criação.
Então PARABÉNS!
Lúcia

Tati Yumi disse...

Eu ia dizer a mesma coisa que o post anterior!! hehehe
a partir de que passo da tartaruga vc usou pra fazer o módulo??
beijos

Yumi Arteira! disse...

Ki maravilha!
Adorei!

Aldo Marcell disse...

Eu olho muito diferente da Arabesque, e as Infinys da Miyuki Kawamura entendo que sao feitas com retangolos.
Acho a sua Original